Atividade: Respeito a propriedade Alheia

Material: uma caixa de papelão sem o fundo, um retângulo de papel colorset ou duplex verde (do tamanho do fundo da caixa), papéis amassados, palitos de sorvete e pirulito, papéis de bala e chiclete saco plástico (se for saco de lixo pequeno, melhor ainda) e muitas flores de dobradura ou crepon.

1. Arrume previamente sobre a mesa o papel verde e a caixa de sapatos sem fundo. Comece a contar a história de uma pracinha que você conhece onde muitas crianças brincam, onde muita gente passa e onde todos jogam lixo no chão. Vá falando das pessoas e jogando o lixo correspondente dentro da caixa, ex: Lucas passou chupando picolé e, quando terminou o sorvete, jogou o papel e o palito no chão. Neste momento do conto, as crianças não estarão vendo o interior da caixa, só você. Quando terminar, pergunte quem quer ver como a pracinha ficou, no final do dia. Só então levante a caixa e mostre a sujeira.

2. Depois, continue a história: Um dia, porém, surgiu na praça uma turminha que precisava fazer um trabalho de escola. O trabalho devia propor alguma coisa para melhorar a comunidade em que viviam. E as crianças resolveram limpar a praça. Chegaram cedo com vassouras e sacos de lixo e foram catando todo o lixo espalhado (o que você irá fazendo, enquanto narra esta parte). Coloque a caixa de volta, escondendo a pracinha e conte que as crianças acharam a praça muito sem vida. Então, cada um foi à sua casa e trouxe uma mudinha de flor. João trouxe uma mudinha de flor vermelha (dizendo isto, coloque uma flor vermelha na praça)... Aninha trouxe várias mudas de flores amarelas... E assim, vá enchendo a pracinha de flores.

3. Conte que, enfim, a pracinha ficou muito diferente, muito mais bonita. Levante, então, a caixa e mostre a pracinha cheia de flores.

4. Eles, então, pensaram em confeccionar plaquinhas com dizeres como: Lugar de lixo é no lixo, Mantenha a pracinha limpa, Não pise na grama. Só que não tiveram tempo. Entregue cartolinas pequenas para que seus alunos confeccionem estas placas. Converse então sobre cada placa e suas possíveis conseqüências.


Fonte: Do livro- Filosofia espírita para crianças. Autor: Rita Folker, Ed. Gil.

1 Response
  1. Adorei essa dinâmica! Muito criativa! Vou utilizá-la...